Como aumentar a segurança no ambiente escolar

Como aumentar a segurança do ambiente escolar

Uma das maiores preocupações dos pais e das próprias instituições de ensino é preservar a integridade dos alunos nos ambientes interno e externo. A segurança dentro e fora das escolas é assunto prioritário, inclusive em uma época na qual o índice de criminalidade, mesmo que com redução, ainda é alto. E este é um grande desafio para todos.

Contudo, evitar problemas é possível com algumas medidas preventivas que trarão mais zelo aos estudantes e suas famílias que confiam nas escolas não só pela educação, mas também pela proteção que eles devem ter. 

O diretor do Grupo Schimitd Segurança e Serviços, Luiz Lopes Schimitd, disse como as escolas podem redobrar a atenção tanto dentro como ao redor da instituição.

“Existem algumas possibilidades para melhorar a segurança perto da escola e uma delas é a proteção perimetral, com cerca ou com a instalação de câmeras inteligentes que vão observar a região. Por meio de um sistema de monitoramento inteligente é possível identificar situações que fujam dos padrões, como alguém que fique parado por um tempo além do normal por perto, o que irá gerar um alerta para a empresa de segurança responsável, que tomará as medidas necessárias. Já no caso de alguma invasão, a proteção perimetral irá avisar a empresa de monitoramento, que poderá atuar com maior antecedência”, orienta.

Mas o especialista alerta que outras medidas mais abrangentes precisam estar no plano de segurança das escolas para que haja mais policiamento no perímetro educacional.

“Outro ponto importante que vale ser destacado é necessidade de a escola entender que ela está em uma sociedade, e não é uma ilha e, de certa forma, se conectar à algumas iniciativas, principalmente, aos CONSEGs (Conselhos Comunitários de Segurança), com a apresentação de um ofício que seja submetido às polícias Militar, Civil e Metropolitana para o aumento de patrulhamento durante horários específicos, como aqueles com maior fluxo de entrada e saída de alunos”.

Luiz complementa que os colégios precisam, inclusive, se informar sobre as adjacências.

“É importante que a escola saiba quais são os vizinhos, se são condomínios, casas ou empresas, e tentar traçar um perfil das pessoas que estão ao redor. Assim, identificando a vizinhança, é possível também reconhecer algum potencial suspeito de insegurança e alertar a polícia”.

Já para condutas internas e de prevenção contra ocorrências de qualquer natureza é fundamental que a instituição desenvolva materiais educativos e explicativos.

Ter um manual de segurança é de extrema importância, porque é possível colocar algumas diretrizes, avisos e alertas que são úteis para os alunos, pais, responsáveis e para a própria escola, identificando o procedimento padrão em caso de alguma ocorrência, seja incêndio, acidente e até mesmo ação de criminosos, com o que pode ser feito para evitar tais episódios. E é importante envolver pais e alunos na construção deste manual para que, juntos, possam identificar não apenas os padrões de segurança da escola para os estudantes, mas também as necessidades dos pais que estão correndo risco de ataques”, fala o diretor do Grupo Schimitd.

Para finalizar, Luiz avisa que a entrada e saída das escolas é um potencial local da ação de pessoas mal-intencionadas.

“Quanto maior a entrada e saída de alunos, também é maior a concentração de pessoas com um único objetivo, de deixar ou buscar o filho. Os pais não estão pensando em outras coisas, gerando um ambiente propício para a atuação do criminoso, por exemplo. Os pais ou responsáveis estão concentradas em encontrar um local para estacionar o carro, deixar o filho em segurança, gerando um momento de desatenção, que pode resultar em roubos, assaltos ou outras atitudes criminosas”, finaliza.

E neste momento de desatenção e de espera nas filas, um dos principais recursos para trazer mais segurança é o aplicativo Filho sem Fila, que auxilia no embarque e desembarque dos alunos, com agilidade e total segurança, já que o tempo de espera é menor ou nenhum, fazendo com que os pais não sejam potenciais alvos de criminosos. 

Todas estas ações conjuntas trazem, de forma preventiva, muito mais segurança para o ambiente escolar, seja dentro ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *