aula de artes

Escola e alunos mais motivados com as artes

Aulas de artes na escola, como pintura ou poesia, podem elevar a capacidade criativa dos alunos e, dessa forma, exercer grande influência na melhoraria dos estudos.

Atualmente, muitos educadores e escolas tendem a utilizar recursos e ferramentas para auxiliar no aprendizado. Além de aplicativos que auxiliam na organização, estudo e outras tarefas, existem formas mais simples de fazer com que os alunos ganhem mais foco e desempenho no cotidiano escolar.

As aulas de artes, por exemplo, são essenciais para a construção da evolução de conhecimento. O diretor da Panamericana, escola de arte e desing, Alex  Lipszyc, conhece muito bem este universo e descreveu como a área contribui para o ensino. 

“A matéria de artes nas escolas ajuda muito na criatividade e melhora o desempenho de diversas maneiras. Em primeiro lugar, podemos citar a capacidade de concentração. Quando as pessoas estão envolvidas com o pensamento da arte, do projeto do desenho, da pintura, da escultura e até mesmo da música ou do teatro, elas se concentram mais.  Nesse momento, o cérebro fica numa tensão, fazendo com que tenhamos mais atenção e que fiquemos cada vez mais focados. E isso melhora a concentração sobre o que estamos fazendo”, diz Alex. 

Além disso, o contato com a arte é algo que trazemos desde a infância, o que facilita muito a relação com a matéria.

“Quando falamos em criatividade, a arte traz a linguagem que o aluno aprendeu desde cedo. As crianças sabem comunicar suas ideias por meio de uma imagem. Por exemplo, quando criança desenha uma casa, com uma chaminé, um cachorro e seus pais, na verdade, ela pode expressar o carinho que tem pelo lar, a atenção dos pais, etc., ou seja, é uma maneira dela se expressar, que já vem como uma programação”, exemplifica o profissional. 

Para Alex, a problemática de hoje é que o ensino no Brasil não valoriza a matéria com aptidões artísticas.

“Para mim e para nós, na Panamericana, artes são absolutamente necessárias nos currículos do Brasil. Eu acho que, hoje, no sistema educacional, prevalecem matérias que os alunos precisam para passar de um ano para o outro. Neste sentido, a arte ficou esquecida, nesse caminho do novo currículo educacional. Muita coisa ficou de fora. As grades escolares contam, em geral, com apenas uma hora de aula de artes”, comenta. 

O diretor da Panamericana ainda ressalta a importância das escolas e dos pais colocarem a arte no cotidiano dos estudantes, utilizando sua escola como referência.

“Aqui nós percebemos, que cada vez mais as pessoas ficam motivadas. Então, quanto mais arte mais motivação. Isso para nós é bem visível e perceptível”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *